Cinco motivos para gravar sua música em um estúdio profissional

Vale a pena bancar os custos de uma gravação profissional sendo um músico independente?


Cada vez mais os home studios ganham força e hoje representam uma fatia importante do mercado. Isto se dá pelo avanço das tecnologias e sua crescente acessibilidade.


Mais do que uma alternativa barata, os métodos de gravação caseiros - em sua maioria caracterizados pelo uso de equipamentos de qualidade inferior - passaram a ser incorporados como linguagem estética de gêneros musicais em alta entre a geração Z, como o lo-fi e o bedroom pop.


Casos de sucesso como Billie Eilish e Rex Orange County que alcançaram o estrelato com produções e gravações em seus próprios home studios, têm gerado esta dúvida frequente no músico hoje em dia: ainda vale a pena investir em uma gravação em um estúdio profissional?


Trazemos aqui cinco motivos a serem considerados na tomada de decisão para a gravação de suas músicas/disco, que podem convencê-lo a optar por um estúdio profissional:



1 - Experiência


Na maioria dos casos em que um músico contrata os serviços de um estúdio profissional, um dos fatores que mais o influenciam na tomada de decisão é a busca pela experiência no ambiente de estúdio.


Independente se forem poucas diárias, existe sempre a expectativa por parte do músico de experienciar tudo o que um estúdio profissional pode agregar no processo de gravação de um disco, seja no aspecto técnico ou no emocional.

Desfrutar de equipamentos de alto nível, similares ou até os mesmos modelos que seus ídolos utilizaram no passado, certamente é algo inspirador e enriquecedor para qualquer músico. Para muitos, inclusive, a carreira de um artista se divide em dois grandes momentos: o palco e o estúdio, ambos geram lembranças para toda a vida e grandes aprendizados.


Se pensarmos no disco como um registro para toda a eternidade, é de se considerar o investimento na estrutura mais adequada e no melhor ambiente possível para o desenvolvimento do seu talento e a aprimoração da sua música com a qualidade que ela merece.



2 - Engenheiro de som e profissionais experientes


Mesmo com a democratização do conhecimento proporcionado pela internet e a facilidade em se obter informações nos dias atuais, a prática é sempre indispensável para se forjar um bom profissional.


Um engenheiro de som experiente pode influenciar bastante no resultado final da gravação se bem direcionado pelo produtor musical ou pelo próprio músico, quando há uma visão bem definida de onde se quer chegar.


A etapa de captação é crucial e quando mal executada não existe mixagem que resolva. É também o pontapé inicial para o desenvolvimento da linguagem artística da música ou do disco, pois cada gênero musical possui suas especificidades e macetes. Portanto, é importante buscar um estúdio com profissionais que tenham experiência e dominem o estilo musical que você almeja para suas composições.



3 - Equipamentos de alto nível


Os equipamentos são a base de um bom estúdio: computadores para gravar, processar e manipular o áudio, conversores (para converter o sinal de analógico para digital), mesa de som, monitores de referência, pré-amplificadores, compressores, equalizadores, cabeamento e microfones são alguns dos componentes determinantes no resultado final da gravação de um disco.


Em gêneros musicais mais tradicionais como a MPB, o Jazz e o R&B, a fidelidade da captação e do processamento do áudio é de extrema importância para se atingir o resultado esperado.



4 - Tratamento acústico profissional


Um bom projeto acústico dá ao estúdio um som vivo, porém equilibrado. Portanto, é preciso levar em conta uma série de fenômenos acústicos que somente um especialista na área é capaz de solucionar ou evitar, como o tempo de reverberação, as ondas estacionárias e o efeito de som metálico (Flutter Echo).


Subestimar a acústica de um ambiente e o impacto que ela pode ter na gravação de um disco, certamente é um erro grosseiro. A verdade é que nem com bons equipamentos é possível reverter os danos causados por uma sala com um som ambiente desequilibrado.


Combinar de forma correta os conceitos de absorção e difusão das ondas sonoras é o que se busca em um tratamento acústico. Eliminar o reverb da sala, desde que sejam mantidas reflexões controladas através de difusores para não "matar" seu som ambiente.



5 - Estreitar laços com profissionais de renome no mercado


Uma forma eficaz pro artista se projetar em determinada cena musical é aliando-se a um produtor que já esteja inserido nela. A assinatura de um produtor na gravação de um disco pode influenciar bastante na sua recepção por parte da imprensa e também contribuir para que o maior objetivo de todo músico seja alcançado: as contratações dos seus shows.


É muito comum que os estúdios de gravação possuam gêneros musicais com os quais estejam mais familiarizados. Também é bem provável que a rede de contatos profissionais deste estúdio tenha um recorte voltado para o estilo musical e cena com a qual mais atuou.


Muitos estúdios de gravação mais conectados com as formas de trabalho dos dias de hoje, possuem um braço ou parceiro que oferece serviços e/ou suporte para o artista no lançamento do seu disco, EP ou single.


No caso da Freak, além dos serviços de produção musical, gravação e mixagem, também somos um selo independente e oferecemos suporte na etapa de lançamento dos trabalhos que são gravados aqui.



Quer saber mais sobre nosso trabalho? Entre em contato e agende uma visita para conhecer nossa estrutura e equipe!





68 views1 comment